Resende segura empate e carimba sua vaga na final.



O Resende vai decidir novamente a Copa Rio. O Gigante do Vale segurou o 0 a 0 com o Gonçalense na tarde desta quarta-feira, 18, no Estádio de Moça Bonita, em Bangu, e se classificou para a decisão, já que venceu a partida de ida por 3 a 2. A grande estrela do duelo foi o goleiro Arthur, que não deu mole, pegou um pênalti de

Nélio e segurou a classificação até o instante final.

O sinal de um bom jogo foi dado antes mesmo do primeiro minuto de partida, quando Douglas Caé foi lançado na área e emendou forte chute, com Julio operando grande defesa. O Gonçalense deu o troco logo em seguida, com Sabão. Ele recebeu de Willian Amendoim e arrematou para a intervenção de Arthur.

Na marca dos 21 minutos, Robinho carregou a bola pelo meio e chutou rente ao travessão dos mandantes. E o Tricolor Metropolitano ficou com menos um aos 24, com a expulsão de Rato. Apesar disso, o time do técnico Mário Marques obteve o domínio das ações e levou perigo aos alvinegro com Gustavo Moura, que recebeu passe de Sabão e concluiu com muito perigo.

Após o início do segundo tempo mais cauteloso pelos dois lados, o Resende tratou de assustar o rival primeiro, na finalização de Wandinho, aos 12. No minuto seguinte, enquanto o Gonçalense contra-atacava, o lateral Marcelo Costa derrubou Sabão na área, sem a bola. Sem pensar duas vezes, o árbitro Wagner Magalhães apontou para a marca da cal. Capitão da equipe, Nélio foi para a cobrança e parou na defesa de Arthur, que espalmou para direita.

O Resende apostava nas jogadas de velocidade e quase abriu o placar na forte conclusão de Jefferson, aos 23. Com o passar do tempo, o Tricolor Metropolitano foi para o tudo ou nada, com Mário Marques deixando em campo cinco atacantes. Aos 38, Willian Amendoim recebeu passe de Gustavo Moura e encheu o pé, mas Arthur apareceu outra vez e salvou os alvinegros.

O tempo passava e mais o Gonçalense pressionava. Já nos acréscimos, aos 47, Sabão aproveitou a sobra da defesa e mandou uma bomba para novo milagre do camisa 1. Depois, o goleiro Julio cobrou falta na área, Gustavo Moura cabeceou firme e adivinha quem apareceu? Sim, Arthur. Sem tempo para mais nada e sem o arqueiro do Resende vacilar, o Tricolor Metropolitano foi eliminado da Copa Rio.

#Resende #gonçalense #Empate

Posts recentes

Ver tudo

SINTONIZE AS

NOSSAS RÁDIOS

NO AR | Web Rádio Jovem Carioca