Resende atropela Lusa e é bicampeão da Copa Rio



E pelo segundo ano consecutivo a Copa Rio fica no Sul Fluminense. O Resende passeou no gramado do Estádio do Trabalhador, goleou a Portuguesa por 5 a 2 e faturou o bicampeonato da Copa Rio neste sábado (28). Os gols do Gigante do Vale foram marcados por Douglas Caé (duas vezes), Marcel, Robinho e William Carioca; Belarmino e Pessanha descontaram para a Lusa.

Resende é cirúrgico

Sob o escaldante sol do Sul Fluminense, o Resende foi eficiente durante o primeiro tempo. Apesar da Portuguesa ter o domínio territorial, o time alvinegro abriu a contagem aos 12 minutos. Após saída de bola errada, Robinho avançou pela direita e cruzou para Marcel, que dividiu com Luciano e a bola sobrou limpa para Douglas Caé completar para rede.

Ligeiro, o Gigante do Vale teve um tento anulado com de Thiago Sales, aos 23. A Lusa, por sua vez, quase descontou quando Victor Hugo colocou na área e Allan Miguel cabeceou rente a trave direita. Porém, em novo vacilo dos visitantes, o Resende ampliou. Alex Carioca perdeu bola no meio, Robinho disparou pela direita e bateu cruzado, fazendo 2 a 0.

O clube da Ilha do Governador ficou perto de diminuir em falta cobrada por Belarmino, mas Arthur colocou para escanteio. Na reta final da primeira etapa, os resendenses ainda tiveram duas grandes chances de marcar o segundo. Na primeira, Caio saiu frente a frente com Luciano, tentou por cobertura e o arqueiro levou a melhor. Em seguida, Robinho cruzou e Douglas Caé mandou, de cabeça, na trave.

Com direito a golaço, Gigante do Vale concretiza o título

Na volta do vestiário, o Resende seguiu sendo mais efetivo e reencontrou o caminho da rede com Thiago Sales, porém, a irregularidade já havia sido assinalada. Logo depois, Cassio colocou na área, a defesa lusitana cortou mal e Léo Silva, livre, mandou por cima.

Aos 15, Douglas Caé lançou Marcel, que carregou e tocou por cobertura, na saída de Luciano. Um golaço: 3 a 0 Resende. A Portuguesa diminuiu aos 30 minutos, com Belarmino. Após falta cobrada por Maicon Assis, Allan Miguel ajeitou para trás e o lateral cabeceou pro gol.

O time da casa deu o troco imediatamente, mas a bomba soltada por Kim carimbou a trave. Mas o quatro gol saiu aos 34, quando Douglas Caé recebeu na frente e chutou para defesa parcial de Luciano, que deu rebote e ele empurrou para o fundo do barbante. Aos 37, a Portuguesa entrou novamente no jogo, após gol de falta de Pessanha. Porém, Willian Carioca deu o xeque-mate no último minuto: 5 a 2 Resende, placar final.

#Portuguesa #Resende #CopaRio

SINTONIZE AS

NOSSAS RÁDIOS

NO AR | Web Rádio Jovem Carioca