Os Sinistros de Bel conquistam primeira vitória na Série B



Na tarde de domingo, 27, o Belford Roxo conseguiu sua primeira vitória no certame e em sua curta história na Série B, pois se trata do caçulinha na competição. Em seus domínios neste campeonato, no Estádio Romário de Souza Faria, o popular Marrentão, a vítima foi o Goytacaz, que foi derrotado pelo placar de 2 a 1.

A partida começou atrasada, pois além da preliminar terminar após o tempo previsto, a equipe do Goytacaz chegou em cima da hora para o confronto e saiu do ônibus já uniformizada e direto para o trabalho de aquecimento.

Na primeira etapa, muita transpiração, pouca inspiração e dois gols

Certamente, este contratempo foi prejudicial para a equipe de Campos. Na primeira parte da partida, o jogo foi arrastado e, até a parada técnica, nenhuma chance de gol foi criada. O que se viu em campo foi o Goytacaz tentando se organizar e o Belford Roxo querendo se impor nos contra ataques, mas sem poder de penetração.

Após a parada técnica, aos 24 minutos, o Goytacaz chegou com perigo através do atacante Diniz, que chutou no canto esquerdo do arqueiro dos mandantes. Porém, a bola acabou saindo pela linha de fundo. Aos 36 minutos, o gol saiu. Luan recebeu bola pelo meio, fora da área. O atacante bateu firme no canto de Magno, marcando o primeiro do Belford Roxo. Quando a partida encaminhava-se para o intervalo sem outras emoções, saiu o empate do Goytacaz no último lance. O atacante Diniz sofreu falta na entrada da área. Bóvio bateu firme e rasteiro por baixo da barreira, que pulou e traiu o goleiro Conrado.

Na segunda etapa, Goytacaz esboça virada, mas leva desempate dos Sinistros de Bel

Na volta do intervalo, o Goytacaz tomou a iniciativa do jogo, indo em busca da virada fora de casa. Aos 10 minutos, Bóvio arriscou um chute de fora da área e assustou o goleiro Conrado. Com a entrada de Rondinelli, o Goytacaz abandonou as preocupações defensivas e partiu com tudo para cima do Belford Roxo. Aos 18 minutos, Rondinelli deixou Diniz na cara do gol, mas o árbitro assinalou o impedimento do atacante.

Após a parada técnica, a equipe do Belford Roxo acertou a marcação e levou perigo nos contra ataques. Aos 22 minutos, Cassiano alçou para a grande área e, sozinho na pequena área, David cabeceou para fora. Aos 25 minutos, pela direita, Átila chutou cruzado da entrada da área. Mixirica completou de carrinho e forçou Magno a operar um pequeno milagre. Quando o duelo conformava-se para um empate, saiu o gol da vitória do Belford Roxo. Após Igor sofrer falta próxima à risca da área, pela direita, Cassiano cobrou com maestria; inapelável no ângulo esquerdo de Magno.

Na próxima quarta-feira, 30, as equipes voltarão a campo. O Belford Roxo visitará o Artsul no Estádio Nivaldo Pereira, em Austin, às 15h. O Goytacaz receberá o Angra dos Reis, no Estádio Ary de Oliveira e Souza, às 20h.

Foto: Rodolfo Laterça (Ururau)


SINTONIZE AS

NOSSAS RÁDIOS

NO AR | Web Rádio Jovem Carioca