Com Paquetá endiabrado, Campos passa por cima do Americano e conquista a Taça Corcovado



O Campos é campeão do segundo turno do Campeonato Carioca Série B. Na tarde desta quarta-feira, 29, em Cardoso Moreira, brilhou as estrelas de Vinicius Paquetá, que marcou dois gols, e DG, que fez o terceiro gol do Roxinho. Felipe Canavan chegou a descontar para o Americano, mas a Taça Corcovado foi mesmo é para o Parque Leopoldina. E mais: a equipe comandada por Rafael Soriano conquistou este turno com campanha invicta.

A conquista do Campos leva o clube ao Triangular Final, que define os dois clubes que vão para a Série A Estadual de 2017. O primeiro desafio é logo neste sábado, 2, contra o Nova Iguaçu, campeão do primeiro turno, no Laranjão, às 15h. Mesmo sem conquistar título, o Americano completa o grupo por ter feito a melhor campanha do torneio.

Imposição do visitante

Parecia mesmo que o Campos estava disposto a qualquer custo levantar a taça. Com boa troca de passes, o Roxinho envolvia o Americano no jogo, que, sem reação ofensiva, buscava se fechar no setor defensivo. Os contra-ataques eram a única opção do Alvinegro.

Envolvendo a defesa do Cano, o Campos conseguiu fazer boa jogada com Washington e Anderson Manga. Este encontrou Miguel que foi derrubado na área e o juiz marcou a penalidade. Cobrando no canto direito do goleiro, Vinicius Paquetá abriu o contador: 1 a 0.

Após o gol o Americano acordou e começou a correr atrás do prejuízo, mas não contava com o dia ruim de seus homens da frente que não conseguiam finalizar com perigo. As falhas reascenderam o Roxinho que voltou a equilibrar a partida e segurar a vantagem do primeiro tempo.

Paquetá de novo e DG emocionado

O Americano voltou diferente para o segundo tempo. Com mudanças, o técnico João Carlos Ângelo colocou o time para frente e boas oportunidades foram criadas. Todavia, quando não é o dia, não tem como mudar. Aos 23 minutos Washington partiu pela direita e jogou na área. Atento, Paquetá testou para dentro do gol e fez o segundo do Campos.

Aos 30, Felipe Canavan teve oportunidade de falta e cobrou. Após desvio, conseguiu diminuir para 2 a 1. Mas apenas quatro minutos depois deu a DG a chance de ouro. Ele recebeu, com tranquilidade deslocou o goleiro e matou o jogo. Campos 3 x 1 Americano.

No apito final, DG não conteu as lágrimas. Apontou os dedos para o céu, se ajoelhou e falou: Essa é para você, Ryan!”.

Em março deste ano seu filho de criação, Ryan, de apenas 4 anos, foi vítima de uma bala perdida enquanto brincava no Rio de Janeiro. Certamente foi a pior notícia que teve, mas o destino quis que seu primeiro gol pelo clube fosse justamente o que selaria uma grande conquista e felicidade para o grupo e para o time do Parque Leopoldina.

Fonte e Foto: João Carlos Gomes/Super Gol

#2016 #CampeonatoCarioca2016 #Campos #Cariocão #SérieB #Americano

SINTONIZE AS

NOSSAS RÁDIOS

NO AR | Web Rádio Jovem Carioca