Serrano vence nos pênaltis o Serra Macaense e levanta o caneco do segundo turno da Terceirona



Jogando na tarde desta quarta-feira (7), no estádio Proletário Guilherme da Silveira Filho, em Bangu, Serrano e Serra Macaense empataram (1 a 1) na decisão do segundo turno do Estadual da Série C de Profissionais.

Goleirão Pedro pegou dois pênaltis e foi decisivo para o Leão ficar com o troféu.

Com a igualdade no tempo normal o time da Cidade Imperial conquistou o título do returno nas cobranças de penalidades máximas vencendo por 3 a 1. O destaque foi o goleiro Pedro, que defendeu duas cobranças. Durante os noventa minutos Dener abriu o marcador para o Leão da Serra e Lecinho empatou.

Agora, o Serrano volta o foco para a disputa do troféu da Série C, a partir do próximo domingo (11), às três da tarde, quando receberá o São Gonçalo Esporte Clube no estádio Atílio Maroti. O jogo de volta acontecerá sete dias depois, também às 15h, ainda sem local definido. A peleja poderá acontecer no estádio Alziro de Almeida, em Itaboraí, que depende de laudos para liberação, ou no Elcyr Rezende de Mendonça, em Bacaxá, distrito de Saquarema, na Região dos Lagos.

Enquanto isso, o Serra Macaense terá de aguardar a solução do caso no tapetão entre CEAC/Araruama e Juventus para conhecer seu adversário além da data que voltará a campo. O Araruama acusa o homônimo da Velha Senhora italiana de escalar um jogador irregular durante a competição e pede que o mesmo seja penalizado com a perda de quinze pontos.

>> O jogo – Visando a decisão da Terceirona no final de semana o técnico Marcelo Olímpio resolveu escalar o Serrano com uma equipe reserva. Por isso, o time principal do Serra Macaense foi superior no primeiro tempo. Mesmo assim, só chegou uma vez com perigo. Aos 18 minutos, Daniel recebeu pela esquerda, entrou na área, e bateu cruzado pelo linha de fundo. O time da Cidade Imperial foi mais objetivo e abriu o marcador aos 43. No escanteio cobrado na direita, a zaga alviverde cortou mal e de fora da área Dener chutou rasteiro no canto direito do arqueiro Italo.

Na etapa final o Serra Macaense continuou melhor e criou mais chances. Aos cinco por pouco Daniel não fez um bonito gol. O atacante viu o goleiro Pedro adiantado, chutou por cobertura, mas a bola passou rente ao travessão. Quatro minutos depois, outra oportunidade. Após escanteio, Daniel desviou e na risca da pequena área o zagueiro Círio aliviou. De tanto insistir o gol de empate saiu aos 34 com Lecinho, num chute de fora da área. Aos 37 minutos, o Serrano poderia ter voltado à frente do placar, não fosse o artilheiro Marcelo cobrar o pênalti, sofrido por ele mesmo, pela linha de fundo.

A igualdade no placar levou a decisão do returno para as cobranças de penalidades máximas. Aí o time alvianil se saiu melhor: 3 a 1. Jeferson, Nakata e Jean convertarem as cobranças. Novamente Marcelo desperdiçou. Apenas Ítalo marcou para o Serra. Lucas, Patrick e Matheus perderam.

Representando a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), Paulo Meireles entregou o troféu da conquista ao capitão Marcelo. A partir daí, a festa azul e branca tomou conta do gramado.

FICHA TÉCNICA SERRA MACAENSE 1 x 1 SERRANO (Pênaltis: Serrano 3 a 1) Local: Estádio Proletário Guilherme da Silveira Filho, em Bangu Data/Horário: 07/09/2016 – 15h Árbitro: Marco Aurélio Correia Reges. Auxiliares: José Carlos Batista de Arruda e Wander Luiz da Conceição. Cartão amarelo: Círio e Miguel (SM). Pedro e Axel (Ser). >> Serra Macaense: Italo, Saulo (Marco Vinício), Círio, Brandão e Patrick; Miguel, Luann, Lecinho e Gabriel (Matheus); Lucas e Daniel (Aldênio). Técnico: Quarenta. >> Serrano: Pedro, Douglas, Rodrigo, Brunão e Carlos; Bonaite (Jeferson), Nakata, Ramon (Jean) e Axel; Tikinho e Dener (Marcelo). Técnico: Marcelo Olímpio.

#SérieC #Serrano #SerraMacaense #CampeonatoCarioca2016 #Cariocão #2016

Posts recentes

Ver tudo

SINTONIZE AS

NOSSAS RÁDIOS

NO AR | Web Rádio Jovem Carioca