Na Selva do Futebol, a Zebra Come Geral



Após morder o Leão Rubro-Anil no último sábado, a vítima da Zebra Rubro-Verde nesta quarta-feira (18) foi o Tigre da Baixada, caçado em seus próprios domínios, no Estádio de Los Larios.

Além do calor que exalava em Xerém, a partida começou quente dentro de campo. Logo aos 7 minutos de jogo, após agressão ao lateral do time da casa, Diego Maia levou cartão vermelho e foi expulso de campo. Mesmo jogando com um a menos, a Portuguesa conseguiu levar mais perigo. Em cobrança de falta, aos 15, Edu arrematou de cabeça e a bola passou tirando tinta da trave direita. Aos 20 minutos, em jogada rápida pela esquerda, Romarinho recebeu de longe e finalizou forte no canto esquerdo de Santiago, que nada pôde fazer: 1 a 0.

Com a desvantagem, o Tigres do Brasil começou a buscar o empate. Após bela troca de passes no meio de campo, a bola sobrou para Edilson, livre de marcação. Mas, o lateral mandou por cima do gol. Aos 33 minutos, o empate da Fera da Baixada. Em jogada pela direita, Edilson cruzou e Marcinho, livre na área, apenas escorou para o fundo da rede, levando a igualdade para o intervalo.

O Tigres do Brasil voltou melhor do intervalo, explorando mais o ataque. Aos três minutos, Paulo Vitor ganhou de Belarmino e tocou para Ramon, que bateu cruzado, à esquerda do gol. Depois, o que se viu até a parada técnica foi o Tigres do Brasil tentando atacar e não conseguir e a Portuguesa na defensiva sem oferecer perigo.

No último quarto de partida, aos 28, a Portuguesa quase marcou com Fabinho, que recebeu passe açucarado de Edu e mandou por cima do gol defendido por Santiago. Aos 35, mais uma chance da Fera da Baixada. Após cobrança de escanteio, Nubio mandou de cabeça no ângulo, mas Marcelo Moretto fez linda defesa e evitou a virada. Aos 38, o castigo. Em contra-ataque veloz, Fabinho recebeu na área um primoroso passe de Edu e chutou forte. A bola ainda tocou no goleiro antes de balançar as redes, decretando a vitória da Portuguesa. Depois, ainda teve tempo do zagueiro Rodrigo Arroz e do auxiliar técnico Pedrinho serem expulsos do banco de suplentes.

A partida

Tigres do Brasil 1x2 Portuguesa - Campeonato Carioca Série A, 3ª rodada (1ª fase)

Estádio de Los Larios (Duque de Caxias-RJ)

Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá

Assistentes: Eduardo de Souza Couto e Diogo Carvalho Silva

Tigres do Brasil: Santiago; Edilson, Oliveira, Zuchi e Paulo Vitor; Diego Paulista (Xandinho), Rodrigo Yuri (Éberson) e Ramon (Poli); Claudinho, Marcinho e Nubio. Técnico: Felipe.

Portuguesa: Marcelo Moretto; Belarmino, Marcão, Rodrigo Almeida e Diego Maia; Marcinho Pitbull, Muniz (Victor Hugo) e Romarinho; Stênio Garcia (Fabinho), Allan (Jacozinho) e Edu. Técnico: Nelson Rodrigues.

Cartões amarelos: Paulo Vitor, Diego Paulista e Edilson (ECTB); Marcinho Pitbull (AAP)

Cartão vermelho: Diego Maia (AAP)

Fonte e Fotos: Thierry Silva


SINTONIZE AS

NOSSAS RÁDIOS

NO AR | Web Rádio Jovem Carioca