Laranja Faz Suco de Leão na Bariri



Na tarde desta terça feira (24), o Nova Iguaçu passou por cima da equipe do Bonsucesso, vencendo o Leão Rubro-Anil por 5 a 2, na Rua Bariri. Com o resultado, o Orgulho da Baixada se classificou para a Fase Principal do Campeonato Carioca. Por outro lado, o Bonsuça, sexto e último colocado da Fase Preliminar (Grupo A), irá disputar o grupo da morte, buscando não ser rebaixado para a Série B.

Aos 8 minutos de bola rolando, o Bonsucesso levou perigo ao gol de Jefferson. Junior lançou a bola para Manfredini, mas o camisa 7 do Leão da Leopoldina foi travado por Paulo Henrique, que cortou a bola no momento da finalização. Na marca dos 9 minutos, Junior fez boa jogada no meio campo e passou para Magnum, que deu um simples toque na bola e deixou Manfredini na cara do goleiro. O camisa 7 desta vez não desperdiçou a oportunidade e abriu o placar.

O Nova Iguaçu acordou com o gol sofrido e foi para cima dos donos da casa. Quando o relógio marcava 16 minutos jogados, Wescley cruzou na cabeça de Adriano, que desviou a bola para o fundo do gol e empatou a partida. Os visitantes se animaram e continuaram atacando. Aos 21 minutos, Adriano tocou para Renan Silva, mas Bruno Miranda saiu bem do gol para defender.

Com 29 minutos jogados, Adriano fez boa jogada, driblou o goleirão do Bonsucesso e tocou para Renan Silva, que empurrou a bola para o fundo do gol e virou a partida para a equipe visitante. No final da primeira etapa, o Nova Iguaçu teve mais outra oportunidade de balançar as redes de Bruno Miranda. Marlon deu bom passe para Paulo Henrique, que tirou muito do goleiro e a bola foi para fora.

A equipe da Baixada Fluminense voltou para a segunda etapa pressionando o Leão da Leopoldina. Logo aos 3 minutos, Adriano ficou cara a cara com o goleiro Bruno Miranda, mas o camisa 9 chutou para fora e perdeu uma ótima oportunidade de estufar as redes no início do segundo tempo. Porém, 4 minutos depois, Renan Silva arriscou de longe e o goleirão do Rubro-Anil engoliu um enorme frango: 3 a 1 para o Nova Iguaçu.

O Bonsucesso voltou a levar perigo somente aos 14 minutos. Em uma cobrança de falta, Ramon levantou a bola na área e Dudu cabeceou por cima do travessão defendido por Jefferson. Na marca dos 19 minutos, Murilo Henrique cobrou forte uma falta de longe, mas a bola desviou na barreira e enganou Bruno Miranda, que nada pode fazer para evitar o quarto gol da equipe visitante. Com 34 minutos jogados, Wander fez boa jogada pela direita, bateu cruzado e diminuiu o marcador, fazendo o segundo gol da equipe mandante.

Preocupados com o resultado do confronto entre Cabofriense e Portuguesa, o Orgulho da Baixada foi com tudo ao ataque, na esperança de conseguir fazer mais um gol e, com isso, encaminhar mais tranquilamente a classificação para a Fase Principal da Competição. Já nos acréscimos, depois de uma confusão na área, Daniel de Sousa Macedo, árbitro da partida, marcou pênalti para o Nova Iguaçu. Paulo Henrique, camisa 7 e capitão do equipe cobrou bem e fez o quinto gol do Nova Iguaçu na partida, tento este fundamental para a classificação, pois a Cabofriense atropelou a Portuguesa também por três gols de diferença.

Bonsucesso 2x5 Nova Iguaçu - Campeonato Carioca - 1ª fase - 5ª rodada

Estádio Mourão Filho (Rio de Janeiro - RJ)

Árbitro: Daniel de Sousa Macedo

Assistentes: Daniel do Espírito Santo Parro e Diego Luiz Couto Barcelos

Bonsucesso: Bruno Miranda; Paulo Fernando (Wander), Américo, João Neves e Ramon; Jussa, Magno (Vinícius), Júnior e Magnum; Manfredini (Rodrigo) e Dudu. Técnico: Heron Ferreira.

Nova Iguaçu: Jefferson; Yan, Raphael Azevedo, Murilo e Lucas; Iuri, Paulo Henrique, Wescley, Renan Silva (Alex Souza) e Marlon (Ricardinho); Adriano (Vinícius Matheus). Técnico: Edson Souza.

Cartões amarelos: João Neves e Júnior (BFC); Lucas, Iuri e Renan Silva (NIFC)

Fonte: Diego Pedroso e Rogério Henrique Felgueiras

Foto: André Veras

#2017 #Bonsucesso #novaiguaçu #CampeonatoCarioca2017 #Cariocão

SINTONIZE AS

NOSSAS RÁDIOS

NO AR | Web Rádio Jovem Carioca