Volta Redonda Bobeia e Zebra Rubro-Verde Quase Derrete o Aço no Raulino



Em jogo com final eletrizante, Volta Redonda e Portuguesa empataram em três gols no Estádio Raulino de Oliveira na chuvosa noite de quinta-feira (02). A partida começou com a Portuguesa exercendo sua característica principal, a forte marcação, a qual impedia o Voltaço conectar as jogadas de ataque. Nos contra-ataques, a Lusa partia com perigo e sempre conseguia faltas para alçar a bola na área. E assim saiu o primeiro gol aos 17. Falta pela esquerda, Muniz cruzou, Edu raspou de cabeça, o goleiro Douglas soltou e Allan completou para o fundo do barbante. Logo depois, o time mandante quase empatou com Marcelo, mas Diego Souza antes fez falta na área. Aos 30 minutos, foi a vez de Pipico perder grande chance para o Volta Redonda após isolar a bola. Logo depois, Muniz saiu por contusão e a entrada de Victor Hugo não foi boa, pois a Portuguesa perdeu muito seu poder de marcação, além da referência para alçar as bolas na área. A pressão do Voltaço seguiu mais incisiva e surtiu efeito no final da primeira etapa. Aos 43, Diego Souza tabelou com Higor Leite e soltou o pancadão no ângulo esquerdo de Marcelo Moretto. Golaço! A segunda etapa começou a mil. Aos 10 segundos, Diego Souza tabelou com David e soltou um balaço que explodiu na trave esquerda do arqueiro lusitano. Aos 3 minutos, a virada. Pela esquerda, de falta, Pipico alçou na área. Marcelo Moretto engoliu um peruzaço e soltou a bola de forma ridícula. David aproveitou a pixotada e colocou no fundo do gol. A pressão do Voltaço continuou e o terceiro gol era questão de tempo. A Portuguesa não conseguia furar o bloqueio do time da casa, o qual era perigoso nos contra-ataques a partir dos espaços deixados pelos visitantes. Aos 13, Higor Leite chutou de fora da área, a bola desviou na zaga e explodiu no travessão do arqueiro lusitano, batidão no lance. O tempo passava e a impressão era que a partida iria terminar desta forma. Mas, os últimos minutos foram teste para cardíaco. Aos 41, parecia que o Volta Redonda fechava o caixão da Portuguesa. Marcelo tabelou com Diego Souza e soltou outro pancadaço, no rodapé direito de Marcelo Moretto. Outro golaço! Porém, aos 45, pela direita, Stênio Garcia cruzou, a bola cruzou toda a área e Sosa descontou. E ainda teve tempo para o empate. Aos 48, no que parecia ser o último da partida, falta pela direita a favor da Portuguesa. Até o goleiro foi para a área. Redimindo-se da falha no segundo gol do adversário, após cruzamento de Romarinho, Marcelo Moretto desviou de cabeça para a conclusão cruzada e certeira de Belarmino para empatar a partida. Escrevemos penúltimo lance, pois na saída de bola, a Lusa roubou a pelota e, pela esquerda, Stênio Garcia cruzou. Na meia-lua, Sosa soltou um balaço que explodiu no travessão do arqueiro Douglas. Que final de jogo, senhores!!! E tudo acompanhado ao vivo pela equipe da Web Rádio Jovem Carioca, que desceu a serra feliz por ter transmitido sem geladão mais um jogão de bola. A partida Volta Redonda 3 x 3 Portuguesa - Taça Guanabara - 2ª rodada - Árbitro: Carlos Eduardo Nunes Braga Assistentes: Luiz Claudio Regazone e Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha Volta Redonda: Douglas; Henrique, Maílson, Luan e Cristiano; João, Marcelo, Higor Leite (Caio) e Diego Souza; Pipico (Mauro) e David (Gustavo). Técnico: Cairo Lima. Portuguesa: Marcelo Moretto; Belarmino, Marcão, Rodrigo e Diego Maia; Marcinho Pitbull, Muniz (Victor Hugo) e Allan (Sosa); Fabinho (Stênio Garcia), Romarinho e Edu. Técnico: Nelson Rodrigues. Cartão amarelo: Henrique (VRFC); Marcinho Pitbull (AAP). Foto: Wallace Feitosa

#2017 #VoltaRedonda #Portuguesa #TaçaGuanabara

Posts recentes

Ver tudo

SINTONIZE AS

NOSSAS RÁDIOS

NO AR | Web Rádio Jovem Carioca