Nem lobo, nem poeta. Empate no primeiro jogo, leva decisão para o jogo da volta



Com transmissão exclusiva da Web Rádio Jovem Carioca, sob o sol escaldante de Nilópolis, Tomazinho e Casimiro de Abreu se igualaram pelo placar de 1 a 1 no jogo de ida da fase de playoffs do Campeonato Estadual da Série C, na tarde desta quinta-feira, no estádio Joaquim de Almeida Flores. Com o resultado, o CAEC precisará de apenas mais um empate no jogo da volta para garantir o acesso à Série B2 de 2018. Para o Tomazinho, só resta buscar a vitória no próximo final de semana.

Tomazinho e Casimiro de Abreu entraram em campo nesta tarde de quinta-feira, no Joaquim de Almeida Flores, em busca de uma das duas últimas vagas ainda em disputa para ascender à Série B2 de 2018. Talvez por isso, além do nervosismo que permeia uma disputa de acesso, o jogo acabou quase sempre sendo disputado de forma truncada, com poucos espaços a serem explorados pelos dois times.

O Tomazinho buscava sempre tomar a iniciativa das ações. Uma das suas apostas era a bola alta em busca do centroavante Tobias, seja para sua conclusão ou para fazer o trabalho de pivô. Já o CAEC esperava mais o jogo e só se lançava à frente em momentos oportunos.

Foi nesse contexto que saiu o primeiro lance de perigo do jogo e logo balançando as redes do Lobo Meritiense. Aos 28 minutos, um chutão oriundo da defesa pegou o Tomazinho desguarnecido em sua defesa e assim o camisa 11 Luquinha chutou da intermediária, com rara perfeição e sem chances ao goleiro Dida, abrindo o placar. Casimiro de Abreu 1 a 0.

Aos 42 minutos, a vida do Tomazinho ficou mais complicada. Pablo fez falta no meio de campo, impedindo contra-ataque do CAEC e acabou sendo expulso após acumular dois cartões amarelos. No entanto, contrariando as perspectivas, no mesmo minuto veio o empate do time meritiense. Bola lançada na grande área do Casimiro, Mumu acabou derrubando Tobias e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Michel bateu forte no canto direito de Dida, que tocou na bola, mas não evitou o empate. Placar igualado, 1 a 1 e fim da etapa inicial.

No segundo tempo, tentando se valer dos espaços oferecidos pelo Tomazinho, o Casimiro de Abreu buscava chegar em contragolpes rápidos, mas a equipe da Baixada Litorânea encontrava dificuldades no embate com o setor defensivo do Tomazinho.

Aos 18 minutos, o Tomazinho quase virou o marcador. Michel, autor do gol de empate, bateu falta da esquerda com perigo, obrigando Dida a botar a bola para córner. Mais tarde, aos 24 minutos, numa bola enfiada entre os defensores do Casimiro de Abreu, Kennedy finalizou na saída de Dida e chegou a comemorar o que seria a virada. No entanto, a arbitragem assinalava uma posição de impedimento do camisa 7, anulando o tento.

O último lance de perigo na partida ocorreu aos 38 minutos. Contra-ataque rápido do Casimiro de Abreu pelo lado esquerdo de ataque, Vinício Orelha cruzou para a pequena área e o zagueiro Baiano desviou contra o próprio gol. Para sua sorte a bola beijou o travessão e a defesa a afastou em seguida. Assim o jogo acabou vislumbrando o empate em 1 a 1 ao final dos 90 minutos.

Agora, as duas equipes se reencontram no próximo domingo (19), às 16 horas, no estádio Ubirajara de Almeida Reis, em Casimiro de Abreu, na Baixada Litorânea. Um empate já sustenta a condição de promovido ao Casimiro de Abreu, enquanto o Tomazinho necessitará de qualquer jeito de uma vitória para alcançar a terceira divisão de 2018.

FICHA TÉCNICA

Tomazinho 1×1 Casimiro de Abreu

Campeonato Estadual do Rio de Janeiro 2017 – Série C Fase de Playoffs – Jogo de Ida

Local: Estádio Joaquim de Almeida Flores, Nilópolis-RJ; Data: Quinta-feira, 16 de novembro de 2017; Horário: 16 horas;

Árbitro: Tarcizo Pinheiro Caetano; Assistentes: Marcus Vinicius Machado Araújo Brandão e Ricardo Nogueira da Silva 4º Árbitro: Wandemberg de Araújo Faria Nunes; 5º Árbitro: Vinicio Mendes de Oliveira;

Tomazinho: Dida; Jonathan, Ezequiel, Baiano e Piter; Valdivia, Pablo e Vitor Hugo (Daniel Rosa); Michel, Kenedy (Willian) e Tobias (Santa Cruz). T: Jefferson Fialho.

Casimiro de Abreu: Dida; Fuleco, Tontom, Mumu e Ryan (Álvaro); Neto, Sevilha, Bebeto e Gedeil (Cleiton); Luquinhas e Everson (Vinicio Orelha). T: Leandro Melino.

Cartões amarelos: Valdivia e Pablo (TFC); Gedeil, Cleiton e Vinicio Orelha (CAEC)

Cartão vermelho: Pablo (TFC)

Fonte e Foto: super-gol.com


SINTONIZE AS

NOSSAS RÁDIOS

NO AR | Web Rádio Jovem Carioca